Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chefes do Banco Mundial e do BID visitarão Peru e Jamaica

    Visitas oficiais de Ajay Banga e Ilan Goldfajn têm como objetivo acelerar a evolução da entidade financeira em lidar com crise climática e revigorar a sua missão de desenvolvimento   

    Ajay Banga estará acompanhado do presidente do BID nas viagens aos dois países
    Ajay Banga estará acompanhado do presidente do BID nas viagens aos dois países Kent Nishimura / Los Angeles Times via Getty Images

    Da Reuters

    Washington

    O novo presidente do Banco Mundial, Ajay Banga, irá visitar o Peru e a Jamaica na próxima semana, dando início a uma turnê global que durará meses, com o objetivo de acelerar a evolução da entidade financeira em lidar com crise climática e revigorar a sua missão de desenvolvimento, disse o Banco Mundial nesta quinta-feira (8).

    Ex-CEO do Mastercard que assumiu o cargo na sexta-feira, Banga visitará países em todas as regiões onde o Banco Mundial opera até dezembro de 2023, disse o banco em um comunicado. Ele trabalhará para identificar barreiras ao investimento do setor privado, encontrar oportunidades de maximizar o impacto do banco e aprofundar relações entre a instituição e os países que ela atende, acrescentou.

    Banga também trabalhará para “reimaginar parcerias estratégicas” com outros credores multilaterais e organizações de desenvolvimento, e será acompanhado do presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Ilan Goldfajn, durante as paradas em Peru e Jamaica.

    “Os dois líderes explorarão oportunidades para colaboração e coordenação maiores para maximizar nosso impacto conjunto às pessoas”, disse o Banco Mundial.

    Banga sofre pressão para ampliar a capacidade de empréstimo do Banco Mundial e reformular seu modelo de negócios, com os Estados Unidos e outros grandes acionistas cobrando uma expansão da sua missão antipobreza para o enfrentamento de mudanças climáticas, pandemias, insegurança alimentar, fragilidade e outras crises globais.

    Os planos de viagem de Banga para os próximos sete meses o levarão para pequenas ilhas no Pacífico e países na África, Oriente Médio, Ásia, Europa, América Latina e Caribe, disse o banco.

    (Reportagem de David Lawder)

    Chin Shi Huang Mapa do site