Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Redes de fast food sentem pressão de consumidores preocupados com preços altos

    Empresa controladora do Taco Bell, KFC e Pizza Hut reportou vendas abaixo da expectativa no 4º tri

    Vendas do Pizza Hut nos Estados Unidos caíram 4% no quarto trimestre
    Vendas do Pizza Hut nos Estados Unidos caíram 4% no quarto trimestre Foto: Saumya Rastogi / Unsplash

    Jordan Valinskyda CNN

    Nova York

    A empresa controladora do Taco Bell, KFC e Pizza Hut está enfrentando o mesmo problema que seus rivais: o fast food está ficando muito caro e os consumidores estão reagindo.

    A Yum Brands, proprietária das três redes, relatou na quarta-feira (7) vendas mais fracas do que o esperado no quarto trimestre. Isso fez com que as ações caíssem quase 3% nas negociações de pré-mercado.

    Em particular, o Taco Bell, normalmente a rede mais popular da empresa, informou que as vendas em restaurantes abertos há pelo menos um ano cresceram 3% no trimestre – um declínio acentuado em relação ao crescimento de 11% registrado no mesmo trimestre do ano anterior, quando a opção de café da manhã renovou o cardápio e impulsionou as vendas.

    Entretanto, as vendas do Pizza Hut nos Estados Unidos caíram 4% no quarto trimestre e as vendas da KFC permaneceram estáveis, com os números de ambas as marcas também abaixo das expectativas dos analistas.

    No total, as vendas nas mesmas lojas das três redes mais o Habit Burger aumentaram 1% no trimestre, abaixo das estimativas dos analistas de um aumento de 3,9%.

    A empresa não mencionou diretamente se a guerra em Israel ou os protestos contra as marcas norte-americanas impactaram seus resultados financeiros, mas a unidade do KFC no Oriente Médio viu suas vendas caírem 5% no trimestre, enquanto as do Pizza Hut caíram 3%.

    A Yum Brands é a terceira empresa de fast food a divulgar um relatório de lucros decepcionante, à medida que os consumidores examinam mais de perto onde estão gastando dinheiro.

    Enquanto os preços da alimentação em restaurantes sobem mais do que alimentos em casa, os consumidores de baixos rendimentos – uma base vital para as cadeias de fast food – vão sendo pressionados.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Chin Shi Huang Mapa do site