Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bens pessoais da lenda do rock Freddie Mercury vão a leilão

    Objetos estão sendo colocados à venda por Mary Austin, uma amiga próxima de Mercury, que herdou sua propriedade

    Cantor Freddie Mercury em show do Queen no estádio do Wembley, em Londres, no festival "Live Aid", em 13 de julho de 1985.
    Cantor Freddie Mercury em show do Queen no estádio do Wembley, em Londres, no festival "Live Aid", em 13 de julho de 1985. Getty Images

    Amarachi Orieda CNN

    Cerca de 1.500 itens que pertenceram ao falecido astro do rock britânico Freddie Mercury estão sendo leiloados, incluindo rascunhos manuscritos nunca antes vistos de “We Are the Champions”, uma das canções mais famosas da banda Queen.

    Os objetos estão sendo colocados à venda por Mary Austin, uma amiga próxima de Mercury, que herdou sua propriedade.

    Além dos rascunhos, os itens à venda incluem o óculos rosa em forma de estrela, semelhantes ao par que Mercury usou no videoclipe de “We Will Rock You”, em 1977; seu pente de bigode Tiffany & Co.; sua guitarra, que acredita ter sido usada para escrever e gravar “Crazy Little Thing Called Love”; o colete que Mercury usou em seu último videoclipe, “These Are the Days of Our Lives”, em 1991; e uma linogravura de Pablo Picasso intitulada “Jacqueline au chapeau noir”.

    A famosa coroa de Mercury – que se acredita ser vagamente modelada na coroa que o rei Charles III usará em sua coroação em 6 de maio – e sua capa que a acompanha devem ser vendidas por até US$ 100.000. O cantor usou ambos em sua interpretação de “God Save The Queen”, durante a última turnê com o Queen, em 1986.

    “Há muitos anos, tenho a alegria e o privilégio de viver cercado por todas as coisas maravilhosas que Freddie procurou e tanto amou. Mas os anos se passaram e chegou a hora de tomar a difícil decisão de fechar este capítulo muito especial na minha vida”, disse Mary Austin em um comunicado à imprensa divulgado na quarta-feira (26).

    “Freddie foi um colecionador incrível e inteligente, que nos mostrou que há beleza, diversão e conversa em tudo; espero que esta seja uma oportunidade de compartilhar todas as muitas facetas de Freddie, tanto públicas quanto privadas, para o mundo, para entender mais e celebrar seu espírito único e belo”, acrescentou ela.

    Em junho, os destaques da exposição mostrando as posses de Mercury farão uma turnê por Nova York, Londres, Los Angeles e Hong Kong. Os itens serão exibidos na Sotheby’s em Londres, entre 4 de agosto e 5 de setembro.

    A coleção será oferecida em leilões ao vivo nos dias 6, 7 e 8 de setembro, complementados por leilões online a partir de 31 de agosto.

    “À medida que a Sotheby’s se transforma no palco desta notável coleção, o foco será tanto em Freddie Mercury, o showman, celebrando tudo o que já sabemos sobre ele, quanto em descobrir suas menos conhecidas paixões artísticas privadas”, disse o presidente da Sotheby’s Europe, Oliver Barker, acrescentando que a coleção será a “exposição pública mais longa e espetacular da história de nossa empresa”.

    Mercury, cujo nome original era Farrokh Bulsara, nasceu no Zanzibar (agora parte da Tanzânia) em 5 de setembro de 1946.

    Ele foi o vocalista e principal compositor do Queen, que foi formado em 1971 e popularizado por sua fusão de heavy metal, glam rock e teatralidade. A ópera simulada da banda, “Bohemian Rhapsody”, foi o single mais vendido da Grã-Bretanha por nove semanas após seu lançamento, em 1975.

    Os sucessos de 1977 “We Are the Champions” e “We Will Rock You” continuam sendo os principais hinos esportivos em todo o mundo, e a apresentação do Queen no concerto Live Aid, de 1985, foi eleita a maior apresentação ao vivo do mundo de todos os tempos em uma pesquisa da indústria musical de 2005.

    Mercury morreu em Londres de complicações relacionadas à AIDS em 24 de novembro de 1991, um dia depois de anunciar que havia sido diagnosticado com a doença.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Chin Shi Huang Mapa do site