Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Comemora, Taylor Swift: Kansas City Chiefs é bicampeão do Super Bowl

    Tão caótica quanto emocionante, partida em Las Vegas foi definida no último lance da prorrogação

    Luccas Oliveirada CNN

    OKansas City Chiefs é bicampeão consecutivo da NFL. O time de Patrick Mahomes e Travis Kelce, o namorado de Taylor Swift, venceu o San Francisco 49ers no Super Bowl LVIII, na noite deste domingo (11), por 25 a 22.

    Tão caótica quanto emocionante, a partida no Allegiant Stadium, em Las Vegas, foi resolvida no último lance da prorrogação — a segunda da história do Super Bowl —, em mais uma decisão genial do quarterback Mahomes.

    Três títulos em cinco anos para os Chiefs

    Este é o quarto título na história do Kansas City Chiefs, o terceiro Super Bowl vencido em cinco anos.

    O cantor de r&b Usher fez o tradicional show do intervalo desta edição do Super Bowl.

    Jogo marcado pela consistência defensiva

    O jogo, marcado pela consistência defensiva, contou com o embate dos quarterbacks Patrick Mahomes, dos Chiefs, e Brock Purdy, dos 49ers. Ao fim, melhor para Mahomes, decisivo na campanha final.

    Apesar da notabilidade dos quarterbacks, os kickers Jake Moody e Harrison Butker, de San Francisco 49ers e Kansas City Chiefs, respectivamente, foram os grandes pontuadores.

    Como de praxe, o jogo contou com diversas celebridades nas arquibancadas, como a cantora Taylor Swift, namorada de Travis Kelce, tight end dos Chiefs.

    Field goal abre o placar

    Os Niners inauguraram o placar com field goal de 55 jardas de Moody. Depois, San Francisco colocou 10 a 0 após touchdown do running back Christian McCaffrey, com 2:43 para o fim do primeiro tempo. Os Chiefs conseguiram anotar um field goal com o kicker Harrison Butker, e o jogo foi ao intervalo com 10 a 3 para San Francisco.

    Depois da pausa para intervalo com direito a show do músico Usher, o ataque das equipes começou a encaixar mais. Butker anotou mais um field goal e diminuiu a diferença dos Niners, com Kansas City virando pouco depois.

    O wide receiver Marquez Valdes-Scantling foi o responsável pela virada, após passe de Mahomes, com 13 a 10. Apesar disso, o wide receiver do Niners, Jauan Jennings, não deixou a vantagem subir e anotou novo touchdown, com 16 a 13. Depois, 5:47 para o fim do quarto período, novo field goal de Butker, e placar empatado em 16 a 16.

    Loucura no final e prorrogação

    Com 1:57 para o fim, Moody reapareceu e recolocou os Niners à frente em 19 a 16 com field goal de 54 jardas. Em campanha rápida, os Chiefs avançaram, mas não conseguiram touchdown, e depois de field goal de Butker o Super Bowl foi para prorrogação com 19 a 19 no placar.

    Na prorrogação, após nova campanha frustrada dos 49ers, Moody converteu field goal com 7:22 para o fim e colocou a equipe da Califórnia à frente, com 22 a 19. Na “ponta dos dedos”, os Chiefs não se abalaram e, pouco a pouco construíram o ataque.

    Administrando bem o relógio e saindo de momentos de pressão, os Chiefs conseguiram vencer o Super Bowl na última bola. Mahomes encontrou o wide receiver Mecole Hardman Jr., que precisou correr três jardas e dar o quarto título da franquia, com placar da partida finalizado em 25 a 22.

     

    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original

    Chin Shi Huang Mapa do site