Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Quase um terço de quem frequenta estádios não se sente seguro

    Essa percepção sobe quando se analisa os números de quem tem 51 anos ou mais, aponta “O Maior Raio-X do Torcedor”

    Homem invade campo durante jogo do Internacional com criança de colo.
    Homem invade campo durante jogo do Internacional com criança de colo. Reprodução/Premiere

    Alexandre Simõesda Itatiaia

    Entre os 21% dos torcedores brasileiros que têm o costume de ir aos estádios, 31% deles não se sentem seguros nos locais dos jogos. E quando se faz o recorte por faixa etária, esse número vai a 45% em quem tem 51 anos ou mais.

    Esse apontamento do O Maior Raio-X do Torcedor evidencia que a questão da violência nos locais das partidas é uma das mais importantes a ser resolvida pelos nossos clubes.

    Essa sensação diminui de acordo com a faixa etária. Entre 31 e 50 anos, 34% se sentem inseguros em nossas arenas. No grupo mais jovem, de 16 a 30 anos, esse percentual é de 21%.

    É importante ressaltar que o levantamento leva em conta apenas quem frequenta os estádios. E quase uma a cada três dessas pessoas têm noção de que o lazer delas oferece risco no que se refere à segurança.

    Para Felipe Nunes, diretor da Quaest Consultoria e Pesquisa, o levantamento mostra que os clubes precisam agir na diminuição dessa sensação de segurança que o torcedor que frequenta as partidas relata.

    Enquanto questões tão básicas como a segurança do evento forem motivo para afastar o torcedor do estádio, não adianta querer cultivar o consumidor de futebol nos estádios e nas arenas

    Felipe Nunes

    A Pesquisa CNN/Itatiaia/Quaest fez 6.507 entrevistas com torcedores de 16 anos ou mais em 325 cidades brasileiras, no período entre 29 de março e 2 de abril de 2023. A margem de erro máxima é de 1,4 ponto percentual para mais ou para menos. O nível de confiabilidade é de 95%.

    SE SENTE SEGURO NOS ESTÁDIOS?

    *Entre os 21% que vão aos estádios

    Sim – 68%
    Não  – 31%
    NS/NR – 1%

    Chin Shi Huang Mapa do site