Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Exército de Israel admite à CNN que ainda não há plano para retirada de civis em Rafah

    Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, instruiu na sexta-feira as FDI a planejar a “evacuação da população” de Rafah, antes de um ataque terrestre previsto à cidade do sul de Gaza

    Alex Stambaughda CNN

    Os militares israelenses ainda não apresentaram ao governo seu plano para a evacuação de Rafah, disse um porta-voz das Forças de Defesa de Israel (IDF) à CNN nesta terça-feira (13).

    O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, instruiu na sexta-feira as FDI a planejar a “evacuação da população” de Rafah, antes de um ataque terrestre previsto à cidade do sul de Gaza.

    “O governo instruiu as FDI a elaborar um plano para atingir nossos objetivos, nossos objetivos de guerra, na área de Rafah”, disse o porta-voz das FDI, tenente-coronel Peter Lerner, à CNN na terça-feira.

    “O plano que vocês estão pedindo ainda não foi apresentado, é claro, ao governo.”

    Lerner disse que os militares pretendem criar um plano que deixe os civis “fora de perigo” e diferencie os civis dos militantes do Hamas.

    Acredita-se que mais de metade da população de Gaza esteja em Rafah, com a maioria das pessoas deslocadas de outras partes do território sitiado amontoadas em uma “cidade de tendas” improvisada.

    “Isso pode ser feito. Temos confiança na nossa capacidade de diferenciar e distinguir”, disse ele, admitindo, no entanto, que isso “não acontece sem desafios”.

    Israel enfrenta uma pressão internacional crescente sobre os potenciais impactos sobre os civis de uma invasão terrestre de Rafah.

    Na terça-feira, Lerner abordou as preocupações, comparando que “a alternativa [é] render-se ao Hamas e sacrificar 134 pessoas [reféns]”.

    “Essa não é uma opção da perspectiva de Israel”, disse ele.

    “Precisamos trazer os reféns para casa, precisamos trazê-los para casa agora. Podemos fazer isso, já fizemos isso no passado. Provamos repetidamente que podemos evacuar uma grande quantidade de pessoas de caminho do mal”, disse ele.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Chin Shi Huang Mapa do site