Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mãe e filhas mortas no Mato Grosso: pedreiro é denunciado por estupros e homicídios qualificados

    Mulher de 46 anos e as filhas , de 19, 13 e 10 anos, foram mortas no fim de novembro dentro da casa onde moravam, em Sorriso, no interior do estado

    Momento em que o autor dos crimes contra a família em Sorriso (MT) é transferido pela polícia
    Momento em que o autor dos crimes contra a família em Sorriso (MT) é transferido pela polícia Divulgação/Polícia Civil/MT

    Fábio Munhozda CNN

    Em São Paulo

    O pedreiro Gilberto Rodrigues dos Anjos, 32 anos, foi denunciado pelo Ministério Público do Mato Grosso por quatro homicídios qualificados e três estupros cometidos contra uma família em Sorriso, interior do estado, no fim de novembro.

    Além da qualificadora de feminicídio, por terem sido os crimes praticados com menosprezo e discriminação à condição de mulher, a denúncia do MP, assinada pelo promotor Luiz Fernando Rossi Pipino, destaca que os quatro homicídios também cometidos de forma cruel, com a utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima.

    Outro agravante é o fato de dois dos homicídios terem sido praticados contra vítimas menores de 14 anos de idade.

    O MP também pediu aumento de um terço da pena ao pedreiro no crime de feminicídio pelo fato de os assassinatos terem ocorrido “na presença física de descendente ou de ascendente da vítima”.

    Relembre o caso

    Cleci Calvi Cardoso, 46 anos, e suas três filhas, de 19, 13 e 10 anos, foram mortas no dia 24 de novembro na casa onde moravam, em Sorriso, cidade localizada a cerca de 400 quilômetros da capital Cuiabá.

    Segundo a Polícia Civil, Gilberto confessou o crime e afirmou que entrou na casa pela janela do banheiro da residência, com a intenção de assaltar as vítimas. Disse ainda que estava sob efeito de drogas. O delegado Bruno França, responsável pelo caso, disse que Gilberto não manifestou arrependimento após ser preso.

    Logo que entrou na casa, o pedreiro foi confrontado por Cleci e a atacou com uma faca. A filha mais velha, de 19, saiu do quarto para socorrer a mãe e também foi golpeada.

    Ainda conforme relato do acusado à polícia, após matar a mãe e a jovem de 19 anos, assassinou também as duas filhas mais novas, sendo uma de 13 e outra de 10 anos.

    Aí ele inicia uma série de estupros que começou com a mãe, vai para a filha do meio e a filha de 13. E quando ele termina, segundo ele, a gritaria da menina mais nova iria acabar alertando [a vizinhança] e ele opta por matá-la por esganadura”, afirmou o delegado à CNN.

    O delegado acrescentou que Gilberto monitorou a rotina da família antes de efetuar o ataque. Tanto que ele esperou para cometer os crimes em um dia que o marido de Cleci e pai das meninas não estivesse em casa.

    O pai da família, Regivaldo Batista Cardoso, é motorista de caminhão e estava em uma viagem a trabalho no dia em que os crimes ocorreram.

    Os corpos das três vítimas só foram encontrados três dias depois, quando vizinhos chamaram a polícia após terem estranhado o sumiço da família.

    Histórico criminal do preso

    Gilberto Rodrigues dos Anjos tinha antecedentes na Justiça por estupro e latrocínio (roubo seguido de morte). Veja o que se sabe sobre o caso.

    Segundo o delegado, o pedreiro estava em Sorriso havia pouco tempo, cerca de dois meses. O delegado afirma que o pedreiro veio “foragido” de Lucas do Rio Verde, no interior do Mato Grosso, onde cometeu outro estupro em setembro.

    “Quando ele veio para cá, a inteligência dos colegas de Lucas nos avisou que era muito possível que ele estivesse em Sorriso. E a gente passou muito tempo procurando esse cara. Só que a gente não conseguiu achá-lo, porque ele morava na obra. Ele trabalhava. Ou seja, estava travestido de cidadão honesto, e morava no local de trabalho.”

    “Quando checamos os históricos criminais desse rapaz, ele já tinha dois mandados de prisão em aberto, sendo um deles por um estupro e tentativa de homicídio ocorrido em um município vizinho [Lucas do Rio Verde] de modus operandi idêntico a esse: estuprou a mulher e tentou cortar a garganta dela, mas ela entrou em luta corporal e aí acabou escapando dele”, detalhou o delegado.

    Por esse motivo, o delegado afirmou não ter dúvidas de que Gilberto é um “serial killer”.

    Chin Shi Huang Mapa do site