Chin Shi Huang

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nasa vai usar ondas de rádio para medir combustível em nova missão espacial

    Tecnologia vai fazer estreia no módulo Nova-C, que deve ser lançado em fevereiro deste ano

    O módulo de pouso lunar Nova-C, da Intuitive Machines
    O módulo de pouso lunar Nova-C, da Intuitive Machines Intuitive Machines

    Everton Lopes Batistada CNN

    A Nasa (agência espacial dos Estados Unidos) vai usar um novo método para medir quanto combustível um veículo espacial anda tem disponível no tanque. O sistema Medidor de Massa com Frequências de Rádio (RFMG) vai fazer sua estreia embarcado no módulo de pouso Nova-C, da empresa Intuitive Machines, que deve ir à Lua a partir de meados de fevereiro.

    Na Terra, a gravidade faz com que o combustível se acomode no fundo do tanque, tornando mais fácil medir a quantidade disponível. No espaço, a quase ausência de gravidade torna a tarefa mais difícil, uma vez que o fluído se espalha pelo tanque.

    “Devido à quantidade muito pequena de gravidade, o fluido não se assenta no fundo dos tanques de combustível, mas adere às paredes e pode estar em qualquer lugar dentro,” disse, em comunicado, Lauren Ameen, gerente-adjunta do Escritório de Projetos do Portfólio de Gerenciamento de Fluidos Criogênicos no Centro de Pesquisa Glenn da Nasa. “Isso torna realmente desafiador entender quanto combustível você tem dentro do seu tanque, o que é realmente importante para maximizar a duração de uma missão e planejar quanto você precisa lançar”, afirmou.

    O RFMG, desenvolvido no Centro de Pesquisa Glenn, usa as ondas de rádio e uma antena dentro do tanque para medir a quantidade de combustível presente no recipiente. O dispositivo já passou por testes na Estação Espacial Internacional e agora, no Nova-C, terá seu primeiro teste de longa duração. Os dados obtidos na missão vão ajudar no desenvolvimento do sistema.

    Segundo a Nasa, o RFMG pode ser crucial no futuro em missões de longa duração que devem depender de combustíveis criogênicos, como oxigênio, hidrogênio e metano líquidos. O novo método pode auxiliar no planejamento de missões espaciais e otimizar os recursos disponíveis.

    O lançamento do módulo Nova-C faz parte da iniciativa Serviços de Carga Comercial Lunar (CLPS), uma parceria entre a Nasa e empresas norte-americanas para a exploração da Lua.

    Chin Shi Huang Mapa do site