Chin Shi Huang

Onde os chefs comem? Com Guilherme Campos, do Shiso, com dicas de Tóquio

Já se perguntou onde os chefs dos restaurantes mais badalados do mundo comem quando não estão atrás das panelas? Na nossa coluna eles abrem o jogo e contam quais seus restaurantes prediletos

Chef Guilherme Campos indica seus restaurantes prediletos em Tóquio, no Japão
Chef Guilherme Campos indica seus restaurantes prediletos em Tóquio, no Japão Divulgação

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

Guilherme Campos sempre foi um grande admirador da culinária oriental. Começou a fazer sushis e sashimis em casa por hobby, quando tinha 19 anos. Aos finais de semana, ia ao tradicional bairro japonês de São Paulo, Liberdade, para comprar insumos. Depois, passava na feira para garantir peixe fresco e, assim, começava a praticar aquilo que um dia seria sua especialidade: a gastronomia japonesa.

O paulistano mudou-se para o Rio de Janeiro há 27 anos, quando surgiu a oportunidade de lavar louça em um restaurante japonês, dentro do Dado Bier. Em seus mais de 20 anos de experiência, trabalhou com o renomado chef Shin Koike, passou pelas cozinhas de grandes hotéis, como JW Marriott, Sheraton e Janeiro e, por restaurantes como Tabu Sushi Fusion Contemporâneo, Minimok, pelo Bistrô Magokoro, na Ilha da Gigóia, durante a pandemia.

Aos poucos, Guilherme conquistou seu espaço e partiu em busca de especialização, inclusive no Japão, onde estudou na escola Nagoya Sushi no ano de 2013, adquirindo proficiência em sushi AJSA/WSSI.

Há dois anos, o chef comanda o Shiso, restaurante japonês do Grand Hyatt Rio de Janeiro. Recentemente ele esteve no Japão, onde ficou por um mês, e listou os restaurantes favoritos dele em Tóquio.

 

  •  Isana Sushi Bar

 

O charmoso Isana Sushi Bar está localizado no bairro boêmio de Roppongi. Foi por causa do chef Junichi Onuki, à frente da casa, que eu fui a primeira vez ao Japão, ele permitiu que eu participasse de sua rotina. Lá comi pela primeira vez fígado de linguado e akagai, um bivalve.

1 Chome-11-6 Nishiazabu, Minato City, Tokyo
  • Gonpachi
Robatas do Gonpachi / Reprodução Site

Outro lugar que adoro é o restaurante Gonpachi, também em Roppongi. Esse restaurante inspirou a cena do filme Kill Bill (um dos meus filmes preferidos), onde a protagonista enfrenta quase uma centena de adversários. Esse restaurante tem um cardápio vasto e suas robatas são o ponto alto.

1 Chome-13-11 Nishiazabu, Minato City, Tokyo

  • Warayakiya

Em direção à estação de Roppongi, recomendo o Warayakiya, um restaurante que mantém a tradição de grelhados em palha de arroz. Lá comi um peixe chamado Katsuo que vai ser difícil esquecer seu sabor e textura.

106-0032 Tokyo, Minato City, Roppongi, 6 Chome−8−8
  •  Unitora Nakadori
Bowl de arroz coberto com ovas / Reprodução Instagram
Batendo ponto quase que diariamente no mercado Tsukiji, descobri alguns restaurantes escondidos nesse labirinto de delícias. Dentre todas elas, o restaurante Unitora Nakadori oferece um bowl de arroz coberto com ovas de ouriço, ovas de salmão e gema de ovo crua, uma combinação inesquecível.
104-0045 Tokyo, Chuo City, Tsukiji, 4 Chome−10−5
  • Fukushin

Os três últimos dias da viagem foram em Asakusa, onde pude experimentar o Karaage do restaurante Fukushin, aberto 24 horas. Inesquecível!

1 Chome-24-9 Asakusa, Taito City, Tokyo

Bônus:

O Okonomiyaki oferecido aos domingos nas barraquinhas de comida do templo Senso Ji, em Asakusa.

2 Chome-3-1 Asakusa, Taito City, Tokyo

Chin Shi Huang Mapa do site

123